A Prefeitura de Jaboticabal, por meio da FAE - Fundação de Amparo ao Esporte, iniciou neste mês de agosto o planejamento das atividades esportivas que acontecerão no município no próximo ano. A cada semana, representantes de diversas modalidades serão ouvidos para que possam apresentar as demandas de seus esportes. Já se reuniram para as primeiras conversas representantes do vôlei, handebol, futebol de campo e malha.

De acordo com a presidente da fundação, Érika Pifer, as reuniões estão sendo produtivas. “É essencial conversar com quem pratica o esporte amador em nossa cidade. São essas pessoas que conduzem as atividades e entendem as carências. Eles conseguem nos apontar caminhos e ajudar na construção de um esporte muito mais forte e organizado. São muitos os anseios e evidentemente não é possível atender tudo o que se pede. É, de fato, nosso desejo que consigamos suprir todas as necessidades, mas não havendo essa possibilidade, nos esforçaremos ao máximo para buscarmos os recursos. Promover esporte é ofertar saúde, lazer e dignidade. O esporte é transformador”, comentou. Nas reuniões, os envolvidos são convidados a acompanharem de perto a gestão da FAE, observando a prestação de conta e sugerindo ações.

Também em agosto as atividades das escolinhas foram retomadas, seguindo todos os protocolos sanitários de segurança exigidos e orientados pelos órgãos de saúde. As atividades estão sendo realizadas no Ginásio de Esportes “Alberto Botino” para garantir mais segurança aos participantes.

Outra novidade positiva deste mês foi a retomada das requisições para utilização dos campos de futebol em Jaboticabal, como o Amadeu Lessi e o “Cruzeirão”, para que atletas do futebol amador possam retornar, aos poucos, as atividades. É preciso lembrar que os jogos recreativos devem cumprir rigorosamente os protocolos estabelecidos no decreto e que, por razão da pandemia, não será possível a realização de campeonatos ainda em 2021.