Programação diversa marcou a Semana da Consciência Negra em Jaboticabal

28/11/2017 - 14:20h

Atividades valorizaram as raízes africanas e enriqueceram a cultura local

Jaboticabal cumpriu seu papel e deu uma aula na última semana. Em comemoração ao Dia da Consciência Negra, comemorado nacionalmente em 20 de novembro, o município dedicou uma semana inteira ao tema, com a realização de oficina, apresentações, palestras e exposição.

“A programação aconteceu em três locais diferentes: Fatec, Biblioteca e Escola de Arte, por meio do Projeto Guri. Foram eventos que procuraram mostrar essa realidade artística, cultural e religiosa tão rica. Estamos muito satisfeitos com o que foi desenvolvido”, comenta o diretor de Cultura, José Mário de Oliveira.

A realização foi da Prefeitura Municipal, por meio do Departamento de Cultura, e contou com o apoio de um parceiro cada vez mais presente. “A Fatec tem se mostrado uma ótima parceira. Em 2018, a instituição completa 10 anos em Jaboticabal e nunca tinha recebido nada assim. Levar a exposição e apresentações para lá foi muito bacana”, afirma Oliveira.

Outras participações fundamentais para o acontecimento da semana foram da Família de Axé Cabloco Ubirajara “Ilê Odé”, Associação Cultural de Capoeira “Ginga que Educa” e da casa religiosa “Pai Tobias de Angola”. Todos contribuíram com sua originalidade demonstrando um pouco da cultura negra.

VEJA MAIS FOTOS DESTE CONTEÚDO