Este site está em fase de transição, caso não encontre algum conteúdo clique aqui para utilizar a versão antiga

Conforto, eficiência e qualidade no atendimento: Jaboticabal recebe ambulância do SAMU

29/03/2010 - 00:00h

Mais agilidade, conforto e segurança no atendimento médico de Jaboticabal

Mais agilidade, conforto e segurança no atendimento médico de Jaboticabal

O Governo Federal realizou na última quinta-feira em Tatuí a entrega de 650 novos veículos que atuarão no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Ao todo, 573 cidades receberam as ambulâncias e até o mês de agosto mais 2.312 cidades serão beneficiadas. Graças ao excelente relacionamento do prefeito José Carlos Hori com os governo Federal, Jaboticabal já recebeu a sua ambulância.

A cerimônia contou com a participação do Governador do Estado de São Paulo, José Serra, da Ministra da Casa Civil Dilma Roussef, do Ministro da Saúde, José Gomes Temporão e do Presidente da República Luis Inácio Lula da Silva.
Jaboticabal foi um dos municípios contemplados. O Prefeito Municipal José Carlos Hori esteve presente e comenta a importância de receber tal benefício.

“Hoje é um dia especial para Jaboticabal. Essa unidade básica de atendimento do SAMU vai garantir um melhor atendimento à nossa população. E com a construção da nova unidade de Pronto Atendimento, daremos um grande salto na qualidade da saúde em Jaboticabal”, afirma Hori.

A implantação – Incluso no Serviço Nacional de Urgência, criado em 2003, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU/192) é diferente do que estamos acostumados em Jaboticabal. O Ministério da Saúde orienta os municípios a utilizar apenas funcionários de carreira que são devidamente treinados para desempenhar da melhor maneira possível o atendimento. Cada turno conta com uma equipe custeada pelo município que também é obrigado a atender outras cidades caso haja necessidade.

Além da equipe que presta os primeiros socorros, a partir do momento que é acionado o 192, um médico regulador passa a acompanhar o caso pelo telefone, e faz o diagnóstico da situação e inicia o atendimento no mesmo instante. Ele avalia o melhor procedimento a ser adotado e orienta a pessoa a procurar um posto de saúde, hospital ou designa a ambulância para realizar o transporte em casos de urgência. Com poder de autoridade sanitária, o médico regulador comunica a urgência ou emergência aos hospitais e, caso necessário, reserva leitos para que o atendimento tenha continuidade.

“Hoje o SAMU é responsável por um trabalho diferenciado. O profissionalismo é algo que beira a excelência. A ambulância vem com vários equipamentos que vão ajudar na hora de realizar os primeiros socorros, principalmente nos casos mais graves. Espero que a população tenha consciência da importância desse serviço”, disse o Secretário de Saúde, José Donizete Thomazine.

O Presidente Lula, durante a entrega das ambulâncias, afirmou que a  implantação do SAMU foi um grande desafio para o Governo Federal. “Apesar de muitos criticarem, hoje o Brasil conta com o melhor sistema único de saúde da América Latina. E implantar um modelo de antedimento diferenciado, onde a população tem o mesmo tratamento do rico fez com que as nossas equipes tivessem que se dedicar a desenvolver um projeto que pudesse casar a eficiência necessária com o conforto merecido e a rapidez necessária. Temos que parar com a idéia de que pobre não tem direito à saúde de qualidade”, finalizou Lula.

Jornalista Responsável: Angelo Caruso